sábado, 26 de junho de 2010



uma coisa



tenho tempo e não tenho
o tempo me sobra por sobre o tédio da vida
me falta pelo que ela exige de mim
me esvazio
até não mais existir expectativas
não as crio para mim
não as dou para os outros
logo logo morro
quero fazê-lo sem assombro
porque o tempo
esse é rápido-lento
e hoje
o tédio me engoliu inteira



Nercy Luiza Barbosa

2 comentários:

F. Otavio M. Silva disse...

Adorei o Post, Parabens; Vou vir mais vezes por aqui.
Dá um passada no meu blog quando puder.
http://otaviomsilva.blogspot.com/
¬¬°ºoO
Forte Abraço

Ana B disse...

Nercy, priminha.Estou passando a pedidos do meu pai. Sim, dele! Estivemos reunidos estes dias e resolvemos somar quantos somos os descendentes de vó Anna Luiza e não soubemos computar quantos e quem são os netos e bisnetos de Sebastião Luiz, daí ser necessária sua ajuda, se der, claro. rsrs
A brincadeira me intrigou:o mundo é vasto,a parentela idem e nos desgarrarmos ou unirmos é um fato que nenhum laço de sangue pode mudar.Ainda assim, restam saudades do pouco que foi e muita curiosidade sobre o muito que não se compartilhou. Contar quantos somos talvez dê uma pequena sensação de entendimento.
Super beijo.

Aninha